Discórdia no sexteto

Jerkovic marcou quatro gols na Copa de 62. Há quem diga que foram cinco.

Jerkovic marcou quatro gols na Copa de 62. Há quem diga que foram cinco.

Existe um imbróglio quanto à artilharia da Copa de 1962, no Chile. A FIFA considera que o Mundial teve seis goleadores máximos, todos com quatro gols: os brasileiros Garrincha e Vavá, o chileno Leonel Sanchez, o húngaro Florian Albert, o russo Valentin Ivanov e o iugoslavo Drazan Jerkovic.

No entanto, existe uma polêmica que gira em torno deste último atleta. Jerkovic havia marcado um quinto gol naquele Mundial. Foi no jogo contra a Colômbia, válido pela primeira fase. A Iugoslávia goleou por 5×0 e Jerkovic marcou duas vezes (oficialmente).

O terceiro gol do jogo, de acordo com a FIFA, foi marcado por Galic. Mas alguns estudiosos afirmam que o último a tocar na bola foi, de fato, Jerkovic. Essa polêmica surgiu no início dos anos 90, mas nunca foi confirmada.

Eu, particularmente, credito a artilharia daquela Copa a Jerkovic. Chego a esquecer dos outros cinco ‘postulantes’. Mas quem sou eu para discutir com a FIFA?

Jerkovic foi um atacante que marcou época no futebol do leste europeu. Nascido na atual Croácia, é considerado um dos maiores ídolos do Dínamo Zagreb, tendo disputado mais de 300 jogos, com média de quase um gol por partida.

Explore posts in the same categories: Uncategorized

Tags: , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: