As andanças de Schiaffino na Belo Horizonte de 1950 e os feitos de uma dupla na San Francisco de 1994

Durante 54 anos, o uruguaio Juan Alberto Schiaffino levou consigo a marca de cinco gols anotados em apenas um jogo de Copa do Mundo. Em 2 de julho de 1950, a Celeste goleou a Bolívia por 8×0, no estádio Independência, e cinco dos tentos foram atribuídos ao jogador, conhecido por ter sido um dos protagonistas do Maracanazzo na final da Copa de 50.

Schiaffino, aquele que foi sem nunca ter sido

Em 1994, no entanto, a Dona Fifa passou a considerar que três dos gols foram anotados pelo atleta Miguez. No mesmo ano de 1994, em gramados dos Estados Unidos, a história dos mundiais ganhou novos personagens.

Em 28 de junho, no Stamford Stadium, em San Francisco, o russo Oleg Salenko marcou cinco gols contra Camarões (esses eu vi) e passou a ser o maior goleador em um só jogo de mundiais. A partida terminou em 6×1 para os russos e Salenko ainda deu uma assistência para Radchenko marcar um gol. Salenko acabaria artilheiro máximo daquela competição, ao lado do búlgaro Stoichkov – ambos com seis gols.

Milla e Salenko. Aquele 28 de junho em San Francisco foi histórico para os dois centroavantes

No mesmo confronto entre Rússia x Camarões, o mundo viu o camaronês Roger Milla, então com 42 anos, se tornar o jogador mais velho a balançar as redes em uma Copa do Mundo.

Explore posts in the same categories: Uncategorized

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: